MAGNÉSIO

O que é o Magnésio?

O magnésio é um mineral metálico existente em grande abundância na Terra e também no corpo humano. Na verdade, cerca de 13% da massa do planeta é constituída por magnésio, tornando-o o oitavo elemento mais abundante na crosta terrestre.

No corpo humano, o magnésio é o décimo-primeiro elemento mais abundante, sendo indispensável ao correcto funcionamento do organismo.

Ler mais...

O Magnésio constitui um cofator primordial de grande número de enzimas intracelulares,  entre as quais as enzimas necessárias para a produção de energia, responsáveis ainda por várias reações bioquímicas do corpo, como a regulação da tensão arterial, o controlo da glicose no sangue e a função muscular e nervosa.

Cada corpo adulto contém entre 21 e 28g de magnésio, distribuídos pelos ossos (50-60%), pelos músculos (27%), tecidos moles (19%) e pelo sangue (cerca de 1%).

O magnésio é essencial ao funcionamento dos músculos, do sistema nervoso (transmissão de impulsos nervosos) e na produção, armazenamento e libertação de energia no organismo.

magnesio-no-organismo

O magnésio no organismo

A homeostasia do magnésio – processo através do qual se consegue manter um equilíbrio deste elemento no organismo humano – faz-se sobretudo pela absorção do mineral ao nível gastrintestinal e pela excreção do excesso pela urina.

São diversos os factores que influenciam a correcta homeostasia do magnésio e desequilibram a quantidade deste mineral no corpo humano.

Ler mais...

 

A saber:

  • Ritmo da vida moderna
  • Stress
  • Gravidez
  • Idade
  • Ingestão diminuída
    Dietas hipocalóricas e hiperproteicas
    Malnutrição
  • Alterações fisiológicas de absorção
  • Perdas excessivas
  • Prática de desporto

De uma forma geral, as necessidades de magnésio de um ser humano variam conforme a idade, o sexo e condições específicas do momento. Por exemplo, grávidas e mulheres em período de aleitamento necessitam de cerca de 450mg diários de magnésio. Já um homem adulto precisa de 350mg por dia.

A quantidade de magnésio presente no organismo é muito difícil de avaliar, uma vez que ele se encontra sobretudo nos ossos ou em células. O método mais  utilizado – e que, ainda assim, apresenta valores que não se aproximam muito da realidade – é a medição de concentração sérica de magnésio, ou seja, a diferença entre as quantidades de absorção e excreção de magnésio do corpo.

Diversos estudos  comprovam que uma parte significativa da população mundial consome menos magnésio do que devia diariamente, o que se pode traduzir em problemas mais graves como dores musculares, cansaço ou cãibras, que poderá consultar na secção Saúde OK.

legume-folha-verde

De onde vem o Magnésio

  • Comida

Geralmente, alimentos com fibra são ricos em magnésio. Nesta categoria incluem-se legumes de folha verde, nozes, sementes e grãos. Para mais informações, consulte a secção Alimentos OK.

  • Magnesium-OK

Saiba mais na página Produto.

 .

 .

 .

 .