Saúde OK

NÃO SE ESQUEÇA!

Magnesium-OK não substitui um regime alimentar  variado!

Sintomas da falta de magnésio

Os sintomas básicos da falta de magnésio são a perda de apetite, náuseas, vómitos, fadiga e fraqueza. Quando a falta de magnésio se agrava, os sintomas passam a incluir entorpecimento, dormência, formigueiro, contracções e dores musculares, cólicas, convulsões, alterações de personalidade, arritmia e espasmos coronários.

Os mais graves sintomas de falta de magnésio são a hipocalcemia (falta de cálcio no sangue) e a hipocaliemia (falta de potássio no sangue), uma vez que a homeostasia de minerais fica comprometida.

consequencias-falta-de-magnesio

Consequências da falta de magnésio

Quando há falta de magnésio no corpo humano, este reage e surgem doenças a longo prazo. Entre elas destacam-se a hipertensão e as doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, osteoporose e enxaquecas. Sabe como identificar os seus sintomas?

Ler mais...

Hipertensão e doenças cardiovasculares

A hipertensão arterial é uma doença silenciosa considerada um dos maiores fatores de risco para o desenvolvimento de AVC, enfarte e outras doenças cardiovasculares.

Está comprovado cientificamente  que o magnésio diminui a tensão arterial. Assim, uma alimentação saudável com várias vitaminas, que inclua frutas e vegetais, laticínios de baixo teor de gordura e alimentos pouco gordos de uma forma geral, contribui ativamente para a correta quantidade de magnésio no organismo, bem como para a redução do risco de hipertensão.

Diabetes tipo 2

Os estudos científicos atualmente disponíveis  demonstram que uma alimentação que tenha em conta alimentos com doses mais elevadas de magnésio e vitaminas contribui decisivamente para uma diminuição significativa do risco das diabetes.

O magnésio desempenha um importante papel no metabolismo da glucose. A falta de magnésio no sangue está diretamente relacionada com o agravamento da resistência à insulina, considerada uma situação de pré-diabetes.

O doente diabético tem tendência a perder mais magnésio através da urina, o que leva a uma insuficiência do mineral, que por sua vez afeta a secreção de insulina e prejudica o controlo das diabetes.

Osteoporose

Magnésio faz parte da formação dos ossos e estudos comprovam que o consumo de um suplemento alimentar rico em magnésio contribui para uma maior densidade mineral dos ossos.

Alguma pesquisa científica concluiu que pacientes com osteoporose tinham níveis de magnésio sérico inferiores a pessoas sem doenças nos ossos.

O consumo extra de magnésio através da comida ou de um suplemento alimentar pode fazer aumentar a densidade mineral dos ossos das mulheres na menopausa ou idosas e reduzir o cansaço.

Enxaquecas

A falta de magnésio está relacionada com fatores que conduzem ao aparecimento de dores de cabeça. Em alguns estudos médicos demonstrou-se que pessoas que sofrem de enxaquecas têm níveis de magnésio sérico e de magnésio nos tecidos moles inferiores aos das pessoas que não sofrem da doença.

Cansaço e Fadiga

Magnésio contribui para a redução do cansaço e da fadiga. O stress diário e as constantes preocupações desgastam o organismo e nem sempre é possível equilibrar as horas de sono em atraso.

Magnesium-OK, suplemento alimentar, ajuda a restabelecer a energia necessária e atua para o normal funcionamento do organismo e sistema nervoso.

Seja moderado

Se a falta de magnésio tem efeitos adversos na saúde do organismo, também o seu excesso provoca efeitos negativos. Para as pessoas saudáveis, o excesso de magnésio proveniente dos alimentos não representa um risco grave para a saúde, uma vez que os rins têm a capacidade de eliminar esse mesmo excesso através da urina.